Geração e Distribuição de Energia com Wago Brasil

Redes Inteligentes para o Mercado de Energia

Ao invés da simples distribuição de energia, a interação entre produtores descentralizados e consumidores deve ser inteligentemente coordenada. Isto exige sofisticadas estratégias de digitalização e modelos de negócios.

Sistemas de controle de alta tecnologia e de TI formam a base para a digitalização do sistema de energia. Controladores coordenam os sistemas descentralizados, garantem a comunicação fácil e segura na rede inteligente e armazenam dados de medição protegidos contra ataques cibernéticos na nuvem.

A WAGO oferece as soluções certas e conceitos atuais para cada etapa do processo.


Redes inteligentes - Mais comunicação nas redes de energia


Um consumidor de energia precisa de comunicação, tanto entre as partes interessadas individuais e grupos de interesse, assim como em termos técnicos: Para controlar a crescente descentralização e flutuação da geração de energia, os componentes individuais do sistema de energia devem estar interligados entre si, em redes inteligentes, nos diferentes setores. O início é no setor de elétrico: A tecnologia de automação, integrada em fornecedores descentralizados, a distribuição inteligente de subestações e usinas de energia virtuais otimizam o controle da rede de distribuição. A modernização da rede de gás e aquecimento é a próxima etapa, e a WAGO fornece os controladores necessários. Vantagens da solução da WAGO:

  • Medição, controle e regulação confiáveis da rede de energia

  • Automação de processos, gerenciamento de cargas

  • Acesso seguro e econômico a sistemas remotos

  • Amplo portfólio de produtos

  • Produtos robustos e comprovados

  • Todas as certificações mundiais relevantes

  • Máximo nível de sinal e flexibilidade do protocolo de barramento

  • Fácil configuração

  • Segurança cibernética: os controladores PFC100/PFC200 cumprem as regulamentações atuais da segurança de TI para operadores de redes elétricas e podem ser reforçados como descrito nas especificações técnicas BDEW.

  • Conectividade na nuvem: conexão à nuvem graças a um upgrade do software MQTT

Energia integrada: eletricidade, aquecimento e transmissão crescem juntos


Com a descentralização e a digitalização do setor de elétrico, o aquecimento e a mobilidade tornaram-se prioridade para os provedores de serviços públicos. A transição de energia somente funciona com sistemas de armazenamento. Em contraste com a rede elétrica, as redes de aquecimento e gás oferecem maior capacidade. Por essa razão, os sistemas de conversão de energia para calor e energia para gás estão se tornando mais importantes. Eles podem usar a eletricidade verde excessiva para produzir calor, junto com o hidrogênio e metano armazenáveis. A WAGO já fornece para fabricantes de sistemas assim. Ao mesmo tempo, oferecemos suporte aos fornecedores na modernização de suas redes de aquecimento e gás, uma tarefa tornada necessária pela vinculação do setor de energia e a resultante complexidade, cada vez maior, dos fluxos de energia. E o WAGO-I/O-SYSTEM, aprovado pela indústria, serve como a plataforma de automação. Vantagens da solução da WAGO:

  • Soluções de automação

  • Máxima flexibilidade

  • Aplicações diretas na Zona Ex 2

  • Cabeamento direto de sinais intrinsecamente seguros de Zonas Ex para módulos Ex i intrinsecamente seguros

  • Protocolos de telecontrole integrados IEC 60870, IEC 61850 e DNP 3.0 integrados

  • Funcionalidade de CLP

  • Servidor da web

Conectividade na nuvem: Análise de dados na computação na nuvem


A nuvem pode oferecer vantagens significativas ao setor de energia com sua capacidade de computação. Como exemplo, as operadores de parques eólicos podem aumentar a produção de energia e otimizar a manutenção analisando dados de turbinas na nuvem ou, os operadores de rede podem usar dados do sistema e previsões climáticas para prever melhor o status da rede elétrica. Os Controladores WAGO PFC100 e PFC200 são usados para se conectar à nuvem graças a uma atualização de firmware e da respectiva biblioteca no programa IEC. Os controladores podem, assim, transmitir automaticamente valores de nível de campo para a nuvem, em intervalos definíveis. A comunicação é protegida por uma conexão TLS criptografada, usando o protocolo MQTT. Vantagens do WAGO Cloud Data Control para a sua própria aplicação na nuvem:

  • Aquisição distribuída de dados e visualização a partir de qualquer lugar

  • Conecte ao WAGO Cloud Data Control, Microsoft Azure, Amazon Web Services ou IBM Bluemix usando um protocolo padronizado MQTT

  • Alto nível de segurança graças à criptografia TLS

  • Conecte o campo diretamente à nuvem

  • Expansão de sistemas existentes com o PFC como gateway IoT

  • Possível com todos os Controladores PFC100 e PFC200

SWO Netz GmbH: Gerenciamento de dados com o WAGO Cloud


Segurança cibernética: Acesso negado para os hackers


Pode haver sérias conseqüências para os produtores de energia se eles não estiverem conectados de forma segura à Internet. Os cibercriminosos podem usar controladores de sistemas para hackear centros de controle e os desativar, prejudicando o fornecimento de energia e até mesmo ameaçando blackouts de amplo alcance no pior dos cenários. A boa notícia é que os operadores agora conhecem os perigos e a segurança cibernética está se tornando mais importante. Os controladores da WAGO terão um papel crucial nas políticas e procedimentos de segurança da sua empresa. Sistemas operacionais baseados em PC devem receber atualizações de segurança semanais, pois eles não fornecem segurança cibernética suficiente. O firmware fortalecido de um controlador da WAGO, no entanto, atende as exigências de segurança necessárias. Vantagens da solução da WAGO:

  • Ambos os controladores PFC100 e PFC200 são caracterizados por uma plataforma cruzada Linux, em tempo real.

  • Os controladores PFC usam um sistema operacional de código aberto, que pode ser dimensionado, atualizado e suporta ferramentas como o Rsync.

  • A base Linux® oferece suporte aos protocolos essenciais de segurança e está constantemente sendo aprimorada.

  • Suporte para o tempo de execução de CLP CODESYS

  • Variedade de interfaces e barramentos de campo: CANopen, PROFIBUS DP, DeviceNet, IEC 60870, IEC 61850, DNP 3 e Modbus TCP

  • Atende os mais altos requisitos de segurança de acordo com a série ISO-27000

  • Funcionalidade VPN onboard: Túnel VPN possível via IPsec ou OpenVPN diretamente

  • Codificação de dados no controlador diretamente via criptografia SSL/TLS 1.2

  • Acesso a dados paralelos: transmissão de dados para a nuvem via MQTT ou OPC UA, também sem fio

  • A WAGO atende a todas as diretrizes relevantes na área de segurança de TI, e até mesmo a um grande número de exigênciasdo informe oficial BDEW do governo alemão, para aplicações no campo de fornecimento de energia e de água. As exigências da BDEW fazem parte da "infraestrutura crítica" (KRITIS).

  • O PFC200 pode ser usado como um nó escalonável


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo